Quarta, 24 de Abril de 2024
Publicidade

Estreia em Trindade a peça "Povo da Vila de Barro Preto"

A peça "O Povo da Vila de Barro Preto" será apresentada em Trindade, no Cineteatro AFIPE, no sábado, 2 de março, às 19h30. Resultado de um projeto ...

01/03/2024 às 11h26
Por: Redação Fonte: Agência Dino
Compartilhe:
Inã Zoé
Inã Zoé

A cidade de Trindade se prepara para a estreia da peça teatral "O Povo da Vila de Barro Preto", marcada para ocorrer no Cineteatro AFIPE, no sábado, 2 de março, às 19h30. Esse evento é resultado de um esforço colaborativo, apoiado pelo Fundo de Arte e Cultura de Goiás, Secult Goiás e pelo Governo de Goiás, sob a direção do teatrólogo Amarildo Jacinto.

O projeto Teatralizando, que visa desenvolver talentos nas artes cênicas de Trindade, é a base desse espetáculo. Através de oficinas e ensaios focados na expressão teatral, "O Povo da Vila de Barro Preto" emerge como o ponto alto dessa iniciativa, apresentando uma trama que combina humor, mistério e devoção para narrar as histórias que formam o tecido cultural do município de Trindade, com especial atenção à devoção ao Divino Pai Eterno.

Com entrada gratuita, o evento estende um convite a toda a comunidade para explorar a rica cultura e fé da região através da arte. Em relação ao espetáculo, Amarildo Jacinto compartilha: "Este projeto é uma celebração da nossa identidade cultural e uma homenagem às histórias e tradições de Trindade. Nosso objetivo é não apenas entreter, mas também conectar as pessoas com as raízes e valores de nossa comunidade, através de uma experiência teatral imersiva e significativa", destaca o diretor.

Detalhes do evento:

Evento: estreia da peça "O Povo da Vila de Barro Preto"

Data e local: sábado, 2 de março, no Cineteatro AFIPE

Horário: 19h30

Contato: 62 98402-9939 / 62 98486-9269

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários